notícias
04 Mai


Escolas do Turismo de Portugal disponibilizam serviço de mentoring empresarial para alunos
Potenciar a interação entre os alunos de Turismo e os profissionais do setor, nacionais e internacionais, para exponenciar o sucesso da formação e perspetivas de carreira é o objetivo da plataforma Connective, que as Escolas do Turismo de Portugal passam a disponibilizar aos seus formandos.
 
A partir do dia 4 de maio, os alunos dos cursos de especialização tecnológica (nível V) dispõem de um plafond de 100 créditos para utilizar no contacto – via videochamada ou envio de mensagem – com os mentores Connective, entre os quais se incluem nomes como David Paduano (F&B Manager, St. Regis New York), Miguel Plantier (GM Pestana CR7 Lisboa) e Jaime Sarmento (HR Director Pestana Hotel Group). 
 
Alunos e mentores desta plataforma pioneira, a nível mundial, de serviços de mentoring empresarial e apoio ao recrutamento, avaliam-se mutuamente (1 a 5 estrelas) no final da chamada. Os utilizadores que mais uso fizerem da plataforma e, que obtiverem a melhor classificação dos mentores, serão premiados. Dos prémios oferecidos destaca-se a semana na Les Roches Marbella Summer School, três dias na Les Roches Bluche (Suíça) e vouchers de viagem e alojamento em hotéis (ArtsIn Funchal, Vincii Hotels Porto, Pestana Alvor Beach, no Algarve, e nas unidades do Browns Hotel Group, em Lisboa). 
 
A Connective é uma startup portuguesa criada por Gustavo Martins e João Graça, que frequentaram a Les Roches International School of Hotel Management, em Marbella. A ideia foi apresentada como projeto final de licenciatura tendo, posteriormente, sido materializada no próprio negócio. 
 
Esta parceria surge inserida na estratégia de formação do Turismo de Portugal que aposta, cada vez mais, na aquisição de novas competências, aproximação ao mercado de trabalho e estímulo ao empreendedorismo.  
 
A plataforma está disponível em connective.com.pt.
 
newsletter
Subscreva a nossa Newsletter. Receba informações sobre as nossas escolas
siga-nos
outras redes