Saídas profissionais

Saídas Profissionais Reconhecidas

Escolas do Turismo de Portugal fornece acesso aos seguintes cargos:

O/A Rececionista de Hotel é o/a profissional que, com base nas normas e técnicas de atendimento, acolhimento e de higiene e segurança, efetua o serviço de receção, informação turística, as reservas e o acolhimento de clientes num estabelecimento hoteleiro, garantindo um serviço de qualidade e a satisfação dos clientes/hospedes, bem como assegura a promoção da unidade e o contacto com o exterior.
O/A Recepcionista de Turismo é o/a profissional que, considerando o planeamento estratégico da atividade, a oferta turística de base, os recursos turísticos disponíveis e as caraterísticas e motivações dos clientes, informa, promove e comercializa produtos e serviços turísticos, assim como, efetua o atendimento e a receção de clientes, de modo a garantir um serviço de qualidade e a satisfação destes. 
O/a Técnico Especialista em Gestão de Turismo é o profissional qualificado para o desempenho de funções técnicas especializadas de desenvolvimento, promoção e comercialização de diferentes serviços e produtos turísticos, em agências de viagens, transportadoras turísticas e outros organismos e empresas do setor que efectuam operações turísticas diversificadas. Atividades Principais • Definir e implementar a política e as estratégias de marketing mix de empresas turísticas, em colaboração com os órgãos responsáveis da organização. • Proceder ao planeamento, organização, promoção e venda de produtos e serviços turísticos, no domínio das respetivas técnicas de operações turísticas. • Programar, organizar e controlar a realização de eventos, conferências, programas de animação e programas especiais para grupos. • Conceber e promover programas especiais de incentivos para organizações (“packages” e à medida). • Promover a venda de serviços e produtos turísticos ajustados às necessidades dos clientes, colaborando na gestão comercial. • Supervisionar a gestão da carteira de clientes.
O/A Técnico especialista em Gestão e Produção de Pastelaria é o profissional qualificado para planificar, dirigir e coordenar os trabalhos de pastelaria e colaborar com o serviço de Food & Beverage na estruturação de ementas e no processo de cálculo de custos, bem como para confecionar bolos e outros produtos de pastelaria, de confeitaria e de geladaria, pão e produtos similares de padaria de qualidade superior, aplicando novos equipamentos de produção, novos produtos e novos processos de confeção.   Actividades Principais Organizar e coordenar a secção de pastelaria/padaria, garantindo a aplicação das técnicas de produção alimentar Confecionar produtos de pastelaria e de padaria de qualidade superior Colaborar na estruturação de menus de pastelaria e proceder ao cálculo de custos associados, em colaboração com o serviço de gestão de Food & Beverage Colaborar na gestão comercial do serviço de Food & Beverage, garantindo a qualidade do serviço e a orientação para o cliente  
Técnico Especialista em Gestão Hoteleira de Alojamento é o profissional qualificado para dirigir, coordenar e controlar as atividades das secções afetas ao departamento de alojamento hoteleiro, designadamente, da portaria/receção, andares/quartos e lavandaria/rouparia, garantindo a qualidade do serviço e a maximização da capacidade de alojamento de uma unidade hoteleira. Atividades Principais • Supervisionar, coordenar e organizar as três secções do departamento de alojamento hoteleiro – front-office, andares e lavandaria/rouparia – garantindo a qualidade dos serviços • Gerir os resultados financeiros do departamento de alojamento • Definir a política comercial do departamento de alojamento, garantindo a qualidade dos serviços e a orientação para o cliente  
Técnico Especialista em Gestão Hoteleira de Restauração e Bebidas é o profissional qualificado para dirigir, coordenar e controlar as atividades e operações do serviço de alimentos e bebidas (F&B), em estabelecimentos de restauração e bebidas integrados ou não em unidades hoteleiras, garantindo a qualidade do serviço, a optimização dos recursos e a maximização da rentabilidade. Atividades Principais • Supervisionar, coordenar e organizar as operações de Food & Beverage, garantindo a qualidade dos serviços • Gerir os resultados financeiros do serviço de F&B • Planear e estruturar menus e proceder ao cálculo de custos associados • Definir a politica comercial do serviço de F&B, garantindo a qualidade e a orientação para o cliente  
  1.     Conceber e planear programas de turismo cultural e do património. 2.      Identificar, analisar e atualizar os conhecimentos sobre a procura turística, 3.   Programar, organizar e dinamizar programas, atividades, visitas, percursos e eventos de turismo cultural e do património, de acordo com as necessidades, interesses e expectativas de mercado           Cooperar com os diferentes parceiros, interessados no desenvolvimento turístico e cultural da região ou do local 5.    Definir e implementar um plano de comunicação 6.      Definir e implementar as estratégias de distribuição e venda dos programas e produtos turísticos 7.  Monitorizar e avaliar a implementação dos programas turísticos realizados das várias componentes do processo (procura, oferta, rentabilidade e grau de satisfação dos clientes)
  TECNICO ESPECIALISTA EM TURISMO DE AR LIVRE O/a Técnico/a Especialista em Turismo de Ar Livre é o profissional qualificado para o desempenho de funções técnicas especializadas de conceção, planeamento, organização e acompanhamento de programas de atividades de ar livre de natureza turística, enquadrando autonomamente os clientes participantes, sob o ponto de vista técnico e turístico, em atividades correspondentes à sua área e nível de especialização e participando na gestão e manutenção de instalações e equipamentos.   Atividades Principais • Conceber, planear e organizar programas de animação turística de ar livre, em áreas técnicas específicas, em meio natural ou em instalações equipadas para o efeito, pautando a sua atuação pela legislação aplicável, pelos limites impostos pela sua área e nível de especialização e pelos princípios do Turismo Sustentável. • Acompanhar e dinamizar programas de animação turística de ar livre, garantindo o enquadramento técnico e turístico, a gestão do grupo e o cumprimento das regras de segurança e das boas práticas da atividade. • Promover a participação responsável dos participantes das atividades de animação turística de ar livre, no respeito pelos recursos naturais, socioculturais e patrimoniais das comunidades. • Avaliar as atividades de turismo de ar livre realizadas. • Assegurar a gestão e manutenção das instalações e equipamentos necessários às atividades da empresa pelos quais seja responsável.
O/A Técnico/a de Agências de Viagens e Transportes é o/a profissional que, tendo o planeamento estratégico da atividade, em particular a política comercial da empresa, as ações promocionais em curso e as caraterísticas e motivações dos clientes, promove e vende produtos e serviços turísticos standards e à medida; procurando garantir a qualidade do serviço, a fidelização de clientes atuais e a captação de novos clientes. 
O/a Técnico/a de Cozinha-Pastelaria é o/a profissional que, no domínio das normas de higiene e segurança alimentar, planifica e dirige os trabalhos de cozinha e/ou pastelaria, colabora na estruturação de ementas, bem como prepara e confeciona refeições num enquadramento de especialidade, nomeadamente gastronomia regional portuguesa e internacional. 
O/a Técnico/a de Mesa-Bar é o/a profissional que, no domínio das normas de segurança e higiene alimentar, planifica, dirige e efetua o serviço de alimentos e bebidas à mesa e ao balcão, em estabelecimentos de restauração e bebidas integrados ou não em unidades hoteleiras.
O/A Técnico/a Especialista em Gestão e Produção de Cozinha é o/a profissional apto a Organizar e coordenar as três secções de uma cozinha – cozinha quente, cozinha fria e pastelaria, garantindo a aplicação das técnicas de produção alimentarElaborar o Plano de Cozinha, tendo em consideração os princípios e procedimentos do sistema de HACCP, bem como as normas higio-sanitárias dos espaços, equipamentos e utensílios; Definir as normas de arrumação, inventariação e manutenção dos equipamentos e utensílios;Elaborar o organograma da brigada de cozinha; Organizar o fluxo de trabalho na cozinha; Organizar a brigada de cozinha, definindo as funções dos seus elementos, a hierarquia na cozinha e as responsabilidades dos vários cargos;Definir procedimentos de atuação em situações de emergência.Planificar, dirigir e coordenar os trabalhos de cozinha e colaborar com o serviço de gestão de Food & Beverage na estruturação de ementas e no processo de cálculo dos custos, bem como preparar, confecionar e empratar refeições num serviço de qualidade superior, aplicando novos equipamentos de produção, novos produtos e novos processos de confeção.. 
newsletter
Subscreva a nossa Newsletter. Receba informações sobre as nossas escolas
siga-nos
outras redes