Publicado em

5 de Janeiro de 2022

Escola do Turismo de Portugal //

Douro - Lamego

Clean & Safe: o nosso grande projeto

Image

Março de 2020. Primeiro confinamento. Todos em casa!


Algum tempo depois, recebo indicação do meu diretor agendando uma reunião com a Diretora Coordenadora da Direção de Formação do Turismo de Portugal. Além da preocupação natural de “o que é que eu fiz?” veio a acrescida preocupação de “o que vou fazer?”… sabendo eu, perfeitamente, que o Turismo de Portugal não iria ficar de braços cruzados perante uma pandemia que estava a afetar enormemente o turismo, sabia que o desafio não seria pequeno.


Na reunião, online, claro, vi que tinham juntado várias escolas além da nossa, tudo isto deu um outro sentimento ao projeto, era algo que iria envolver mais escolas, era um projeto da rede! Ao todo, cinco escolas presentes para uma reunião coordenada pela drª Ana Paula Pais que, sem mais delongas, nos apresentou o projeto que o Turismo de Portugal tinha em mente… Como principal objetivo tínhamos de dar formação em várias áreas do turismo, segundo as Normas e Orientação emanadas pela DGS e tendo como foco determinante a promoção do turismo no nosso país.


Instalou-se o pânico. A Covid-19 era algo totalmente novo, a informação ainda não era clara e escasseava… Não foi por isso que nos negámos ao desafio. Comprometemo-nos a apresentar o plano da formação nos 15 dias seguintes.


Muitas horas de trabalho que nos permitiram criar laços de amizade entre nós, conhecermos os filhos uns dos outros, entrar na intimidade de cada um… estar em casa a trabalhar mistura, muitas vezes, família e trabalho e, sendo uma situação nova, todos nos estávamos a adaptar. Foram muitas horas de trabalho enriquecedoras tanto do ponto de vista profissional como do ponto de vista pessoal. Crescemos como indivíduos e como profissionais!


Obviamente que foram os 15 dias mais rápidos da nossa vida, o tempo parecia pouco para a tarefa que tínhamos em mãos. Mas conseguimos!


Em seguida, calendarizar as formações. Quem iniciaria a formação, quem seria o primeiro a “dar o corpo ao manifesto”? O receio era grande. Era algo totalmente novo… e se não fosse bem aceite? E se não aparecesse ninguém? E se não conseguíssemos dar conta do recado? Por ordem alfabética, calhou-me a mim!


8 de maio de 2020. Uma data que nunca irei esquecer!


Iniciei, neste dia, uma epopeia da qual sinto um enorme orgulho. Orgulho por ter podido contribuir para uma mudança de comportamentos e atitudes, em ter contribuído para melhorar a prestação de serviços em tempos de pandemia, em ter contribuído para que a indústria pudesse reabrir com segurança…


Com quase vinte anos na área da formação, nunca antes tinha estado tão nervosa. Estiveram presentes cerca de 200 formandos, oriundos de norte a sul do país, diretores de grandes e pequenos hotéis, trabalhadores da área, gestores de pequenos negócios no turismo, entre muitas outras pessoas.


Após 2 horas de formação, o feedback não poderia ter sido melhor. Além do agradecimento de todos os formandos, que teceram elogios e salientaram a importância dos conteúdos abordados, também o meu diretor me ligou elogiando a forma como tudo tinha decorrido.


Janeiro 2022. Neste momento o projeto Clean & Safe já evoluiu.


Neste momento ministramos formação em mais de 20 áreas no setor do Turismo, tendo já proporcionado a aquisição e assimilação de novos conteúdos e saberes a 38 426 formandos. Um projeto que nos traz um grande orgulho porque sentimos que tivemos uma palavra a dizer na luta contra a pandemia e a sua disseminação, que ajudámos o setor a reabrir em segurança e que, acima de tudo, também ajudámos os portugueses a sentir-se seguros ao viajar e usufruir do turismo do nosso país.

 

Autor: Angela Silva, formadora e responsável da área de HACCP

Outros artigos:

contactos

Em caso de dúvidas, entre em contacto connosco.

Email:

formacao@turismodeportugal.pt

Política de Privacidade

Newsletter

Siga-nos

Image