Publicado em

7 de dezembro de 2020

Escola do Turismo de Portugal //

Douro - Lamego

De Lamego para o mundo - Catarina Reis

Image

Catarina Reis

Pasteleira

 

Que curso tiraste na EHTD-L?

Frequentei o curso de Gestão e Produção de Pastelaria, terminei em 2017.

 

Onde estás a trabalhar?

Bem, este ano estamos a passar um ano diferente devido à pandemia. Gostava imenso de ter ido para fora trabalhar, para um restaurante estrelado, mas não foi possível. Então decidi entrar para a faculdade. Estou, neste momento, a frequentar o primeiro ano de Gestão Hoteleira, no ISAG, em Matosinhos. Tomei esta decisão porque acho que é sempre uma mais valia aprendermos mais e porque gosto imenso da parte da gestão e tenho muita curiosidade e ânsia de poder trabalhar numa direção de F&B ou até mesmo de hotel.

 

Onde já trabalhaste?

O último local onde trabalhei foi no Vila Vita Parc, no Ocean Restaurant**, em Porches, Algarve. Também já passei pelo Gourmet Natural, o Dominó Tasca Japonesa e o Intercontinental Porto.

 

O que gostas mais naquilo que fazes?

A pastelaria é uma área bastante diversificada, mas aquilo que me atrai mais são os trabalhos minuciosos, a exigência e criatividade, e, acima de tudo, o respeito pelo produto. Sem dúvida que trabalhar o chocolate e fazer sobremesas mais elaboradas, pensadas ao pormenor, são partes que me desafiam mais na pastelaria.

 

Podes descrever um dia no teu trabalho?

Vou descrever um dia no meu último local de trabalho, uma vez que agora me encontro a estudar.

Chego ao restaurante por volta das 10.40h, começamos a preparar todo o material necessário para fazermos a nossa mise-en-place. Depois de termos tudo preparado, ligo os fornos na zona de produção e na zona de serviço. Mal estejam à temperatura pretendida, começo por cozer os crumbles, as bolachas que acompanham o café, e alguns petit-fours. De seguida, deixamos arrefecer tudo e colocamos em caixas diferentes todas identificadas. A seguir, começo a preparar a fruta que será um dos elementos principais da pré-sobremesa, continuo a trabalhar os diferentes elementos tanto para a pré como para a sobremesa principal. Depois verificamos os petit-fours. Antes de irmos almoçar, tratamos do pão e da broa que ficam a levedar para depois serem cozidos antes do serviço. (14h - almoço e pausa).

Voltamos então ao trabalho às 17h para preparar os últimos detalhes das sobremesas. Colocamos o pão a cozer e montamos o setup para começar o serviço às 19h. Quando inicia o serviço, normalmente fico em cima a enviar o pão e a broa para as mesas e vou enviando as pré-sobremesas, a seguir as sobremesas e, por fim, os petit-fours.

Para terminar o serviço, arrumamos tudo, organizamos a nossa zona de serviço e estamos prontos para ir descansar.

 

A Escola de Hotelaria e Turismo do Douro – Lamego contribuiu para chegares onde estás hoje?

Sem dúvida que sim. Se não fosse todo o esforço e empenho dos professores e chefes da escola, eu não seria a profissional que hoje sou. Agradeço imenso tudo o que me ensinaram, principalmente à minha chefe Patrícia Duarte que, apesar de todas as contrapartidas, fez um excelente trabalho com a nossa turma e comigo. Ajudou-me a crescer a nível de pastelaria, mas sobretudo a nível psicológico.

Image
Image

contactos

Em caso de dúvidas, entre em contacto connosco.

Email:

formacao@turismodeportugal.pt

Política de Privacidade

Newsletter

Siga-nos

Image