Estágios Internacionais

Uma das mais importantes componentes da nossa oferta escolar é a possibilidade de realização de um estágio curricular num contexto internacional

Nas Escolas do Turismo de Portugal sabemos que as profissões do turismo se baseiam, para além da sua componente técnica, que se quer cada vez mais profissional, num forte contacto intercultural.
Pretendemos assim que aqueles que virão a trabalhar no setor tenham um contacto precoce, ainda em tempo de “escola”, com diferentes culturas e formas organizacionais como uma “mais-valia” no acesso ao mercado de trabalho.


Foram criados nos últimos anos programas de estágios fora do território nacional em articulação com escolas congéneres e com diversos outros parceiros que por terem experiência na organização deste tipo de projetos e/ou estarem direta ou indiretamente ligadas à formação, melhor serviriam os objetivos dos nossos alunos.
O programa de estágios foi distribuído por três diferentes tipologias definidas em regulamento e que se enquadram nas seguintes formas:

a) Candidaturas autopropostas: A atribuição de uma comparticipação ao aluno que se candidate para a realização do seu estágio fora do território nacional por sua própria iniciativa. A atribuição máxima elegível para comparticipação é de 1.000€/aluno, estando condicionada ao seu mérito académico. Esta comparticipação compreende 3 possíveis escalões:

Mérito Académico/Avaliação

Valor Comparticipação

Dezoito a vinte valores - Excelente

1.000,00€

Dezasseis a dezassete valores – Muito Bom

750,00€

Catorze a quinze valores - Bom

500,00€

O montante da comparticipação será distribuído em função da aplicação dos escalões, do número de alunos que se candidatam ao programa, e da verba disponibilizada pelo Turismo de Portugal, I.P. do seu orçamento do para o efeito.

b) Candidatura ao Erasmus +: Anualmente, entre os meses de Junho e Julho, cerca de 30 alunos selecionados na rede escolar do Turismo de Portugal, I.P. desenvolvem durante quatro semanas de mobilidade a sua formação prática em contexto de trabalho num país europeu em conceituadas unidades hoteleiras e estabelecimentos de restauração de reconhecido nível.
Estas mobilidades integradas no Programa Comunitário Erasmus+ seguem um rigoroso critério de seleção, e têm vindo a decorrer em Örebro na Suécia, Londres no Reino Unido, Roma e Senigallia em Itália, Tenerife e Barcelona em Espanha, Tarbes-Lourdes em França e Narva na Estónia.

Consulte aqui a Carta de Mobilidade Erasmus

As despesas diretamente associadas à realização destes estágios, nomeadamente transportes, alojamento e subsistência são asseguradas pelo Turismo de Portugal ao abrigo do Programa Erasmus+.

A realização de um estágio num país diferente é uma mais-valia na formação global dos alunos

A realização de um estágio no estrangeiro permite aceder a uma experiência enriquecedora no campo profissional e pessoal, onde as competências técnicas e interpessoais são desenvolvidas e reforçadas num processo acompanhado pela descoberta de uma sociedade com referências sociais, culturais e empresariais diferentes.

Competências adquiridas e perspetivas futuras

Os jovens ficam habilitados com “competências transversais”, entendidas como um conjunto de capacidades, conhecimentos e experiências indispensáveis ao sucesso profissional nos dias de hoje em qualquer área de atividade, nomeadamente ao nível das competências linguísticas, iniciativa empresarial, adaptabilidade, comunicação e capacidade de decisão e sensibilização para as questões da qualidade e da inovação.

PARTICIPAÇÃO EM ASSOCIAÇÕES INTERNACIONAIS

O Turismo de Portugal desenvolve ainda programas de intercâmbio com diversas instituições a nível internacional que proporcionam aos alunos experiências de formação e estágio em diversos países

AEHT – European Association of Hotel and Tourism Schools
http://www.aeht.eu/en/

EURHODIP – The Leading Hotel Schools in Europe
http://www.eurhodip.com/en/

contactos

Em caso de dúvidas, entre em contacto connosco.

Email:

formacao@turismodeportugal.pt

Newsletter

Siga-nos

Image